Home > Cuidados de A a Z > Medicamentos > Descarte correto de medicamentos

20/08/2018



ÍNDICE

Descarte correto de medicamentos

Muita gente ainda tem dúvidas sobre onde descartar aqueles remédios vencidos ou que não serão mais usados ao fim de um tratamento. No Brasil, existem postos de coleta que recebem esses medicamentos para que eles tenham um destino adequado. Confira as iniciativas privadas ou governamentais, escolha o local mais próximo de você para fazer o seu descarte e espalhe essa informação!







Descarte no lixo comum ou no esgoto

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 63,6% dos municípios ainda destinam seus medicamentos para os lixões. Isso pode ser explicado pelo fato de que 88,6% da população descarta esses medicamentos no lixo doméstico ou esgoto (jogando na pia ou vaso sanitário) por falta de informação.1,2



Caminhos dos resíduos de medicamentos até o meio ambiente

Quando os medicamentos são descartados diretamente no meio ambiente seus resíduos podem chegar até nós por meio dos alimentos e da água que ingerimos ou mesmo do ar que respiramos. Isso porque, sem o tratamento adequado, esses resíduos contaminam tudo ao seu redor acumulando-se nos animais, vegetais e legumes que mais tarde podem estar na nossa mesa.3

Dicas sobre o consumo consciente e descarte correto de remédios4-6




Referências bibliográficas:
1. IBGE apps-populacao-projecao [Internet]. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas IBGE, 2018. Brasil. [acessado em 26 junho 2018]. Disponível em: https://www. ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/.
2. Ueda J.; Tavernaro R.; et al. Impacto ambiental do descarte de fármacos e estudo da conscientização da população a respeito do problema. Revista Ciências do Ambiente On-Line Julho, 2009 Volume 5, Número 1.
3. Santos S.L.F.; Barros K.B.N.T. et. al. Aspectos toxicológicos do descarte de Medicamentos: Uma questão de educação em saúde. Revinter, v. 09, n. 03, p. 07-20, out. 2016.
4. SINITOX: descarte-de-medicamentos-domiciliares [Internet]. Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas SINITOX, 2016. Brasil. [acessado em 19 junho 2018]. Disponível em: https://sinitox.icict.fiocruz.br/ descarte-de-medicamentos-domiciliares.
5. Falqueto E.; kligerman D.C. et al. Como realizar o correto descarte de resíduos de medicamentos? Ciênc. Saúde Coletiva [online]. 2010, vol.15, suppl.2, pp.3283-3293. ISSN 1413-8123. https://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000800034.
6. Falqueto E.; kligerman D.C. Diretrizes para um Programa de Recolhimento de Medicamentos Vencidos no Brasil. Ciênc. Saúde Coletiva vol.18 no.3 Rio de Janeiro Mar. 2013.

*Este conteúdo não reflete a opinião da Sandoz do Brasil – BR1808867448 – Ago/2018

Dra. Mardeny Milesi - CRF 19.680
Farmacêutica Bioquímica (1994)
Farmacêutica Industrial – Modalidade Fármaco e Medicamentos (1995)
Especializada em Microbiologia Industrial
Especialização em Farmácia Clínica (em curso)
Especialização em Oncologia Clínica (em curso)
Amplo conhecimento em logística
Implantação de Gerenciamento de Resíduos – Hospital San Paolo e Villa Lobos
20 anos de experiência em Farmácia Hospitalar