Depressão

01/06/2017


O que é depressão?

Depressão é um transtorno de humor caracterizado por sensação contínua de tristeza e perda de interesse. A depressão é diferente de uma simples tristeza e não pode ser vista como uma fraqueza de caráter ou algo que a pessoa pode superar com ajuda de amigos ou com força de vontade. Trata-se de uma doença crônica e potencialmente grave, que precisa de avaliação e tratamento especializado.

Se não for diagnosticada e tratada, a depressão pode levar ao suicídio. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 1.000.000 de pessoas cometem suicídio anualmente. Isso representa 1 morte a cada 40 segundos.

O que causa a depressão?

Não se sabe ao certo o que causa a depressão. Acredita-se que ela decorra de um desbalanço químico no cérebro, com redução de alguma substâncias chamadas de neurotransmissores, que incluem dopamina, serotonina ou noradrenalina.

Existe uma importante associação da depressão em pessoas da mesma família, indicando um componente genético. Porém, eventos da vida da pessoa, como traumas ou perdas podem desencadear uma crise depressiva em algumas pessoas.

Quais os sintomas da depressão?

Além da tristeza e da perda de interesse pelas atividades que normalmente eram interessantes para a pessoa, a depressão causa:
- Irritabilidade, acessos de raiva ou frustração;
- Sensação de culpa, pensamentos recorrentes de que a pesso a falhou ou é incapaz de ter sucesso em qualquer coisa;
- Alteração de apetite: para mais ou para menos, variando de pessoa a pessoa;
- Alteração do sono: insônia ou excesso de sono, variando de pessoa a pessoa;
- Distúrbio da função sexual: a depressão pode provocar perda de libido nos homens e mulheres, além de disfunção erétil nos homens;
- Pensamentos sobre suicídio ou tentativa de suicídio.

É um problema comum?

Sim. Um estudo de 2012 nos EUA estimou em 6,6% a prevalência da depressão grave nos últimos 12 meses em adultos.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico de depressão é clínico, e não existe um exame laboratorial ou de imagem capaz de dizer se a pessoa está deprimida. Por outro lado, o médico pode pedir alguns exames para excluir doenças que se compartilham sintomas com a depressão, como é o caso do hipotireoidismo.

O tratamento é feito com medicamentos antidepressivos, que precisam ser tomados continuamente e sob supervisão médica.

Referências

1.Depression. In: The Merck Manual. edn.; 2014.
2.Kessler RC, Berglund P, Demler O, Jin R, Koretz D, Merikangas KR, Rush AJ, Walters EE, Wang PS, National Comorbidity Survey R: The epidemiology of major depressive disorder: results from the National Comorbidity Survey Replication (NCS-R). Jama 2003, 289(23):3095-3105.


*Conteúdo criado por: Dr. Daniel Freire – CRM: 97368-SP.
*Este conteúdo não reflete necessariamente a opinião da Sandoz do Brasil.
BR1704628501 – Abril/2017